Clínica de recuperação e reabilitação em Barueri

Clínica de recuperação e reabilitação em Barueri


A dependência química é uma doença primaria que é caracterizada pela dependência de um produto químico que altera o humor, devido a utilização de drogas ilegais (crack, cocaína, maconha) e drogas legalizadas (cigarro, álcool e medicamentos controlados).

Uma pessoa que é dependente quimicamente não consegue parar de beber e usar drogas sozinho, precisa de ajuda de uma clínica de recuperação de Barueri.
Essa doença não vê idade, sexo, raça, religião ou status econômico. É uma doença que se não for tratada, pode ser fatal.

Na clínica de recuperação e reabilitação de Barueri oferecemos tratamento para as pessoas que se encontram nessa situação e proporcionamos a melhor oportunidade para a pessoa se curar.

O tipo de tratamento aplicado pela clínica é fundamental para se ter sucesso. O tratamento deve ser multidisciplinar, focando no ser humano por completo, sempre avaliando seu bem-estar físico, emocional e espiritual. Se você de Barueri busca o melhor tratamento, nossa clínica é a melhor opção.

Profissionais afirmam que a dependência química é uma doença muito mais complexa do que o mero abuso no uso de substâncias químicas e a recuperação é muito mais complexa do que apenas deixar de usar.

Muitos viciados acreditam que, se conseguirem acabar de uma vez com o vicio em drogas ou em álcool ficarão bem e poderão mudar sua vida. Mas o fato é que a desintoxicação sozinha não é suficiente.

Para manter a abstinência, é preciso fazer mudanças pessoais, interpessoais e no estilo de vida.

Isso leva tempo, e a maioria dos profissionais e dependentes acredita que a recuperação da doença da dependência química é um processo que dura toda a vida, no qual não é lhes permitido errar novamente, sob pena de voltarem novamente ao status inicial, ou seja, para o fundo do poço.

Tratar a dependência química é possível. As drogas que os dependentes químicos utilizam podem proporcionar um alívio temporário, mas não corrigem os problemas emocionais. Isso é conhecido como um tipo de automedicação, e pode facilmente levar ao vicio. Tratar a doença psiquiátrica não cura o vicio, e o contrário também é verdade.

Por isso é importante que você de Barueri tenha em mente que todas as intervenções feitas pelos profissionais da clínica de recuperação e dependentes químicos trabalham no sentido de que a dependência química e quaisquer problemas de saúde a ela associados sejam tratados para que o quadro de saúde do paciente seja restabelecido plenamente.

O tratamento eficiente é aquele que atinge os melhores resultados, com a invasão mínima na vida da pessoa que está em processo de reabilitação.

Por isso o tratamento também é voltado para o psicológico e terapêutico do paciente, onde a principal intervenção é feita no emocional do paciente. Também é tratado seu estado físico, mas o foco principal é exatamente no que há de mais grave no sentido da dependência, que é sua condição psicológica.

Para isso temos profissionais especializados e sempre pronto para atender nossos pacientes de Barueri, com todo cuidado e atenção.

Blog

O que é o tratamento para alcoólatras e como internar

O que é o tratamento para alcoólatras e como internar

Consumir álcool em excesso é um problema que afeta pessoas de várias idades, gênero e diferentes classes sociais.

Entenda como funciona a internação para alcoólatras

Entenda como funciona a internação para alcoólatras

Cada vez mais aumentam as buscas por clínicas para alcoólatras, o que mostra que a dependência química é uma realidade bem preocupante.

Como funciona um programa especializado na recuperação da dependência química

Como funciona um programa especializado na recuperação da dependência química

A dependência química é um problema grave de saúde, e afeta não só o dependente químico, mas também seus familiares

O que é abstinência alcoólica e qual o tratamento?

O que é abstinência alcoólica e qual o tratamento?

Também conhecida por síndrome da abstinência alcoólica (SAA), é composta por diferentes sintomas que se apresentam em pacientes que são dependen