Clínica de recuperação e reabilitação em Barueri

Clínica de recuperação e reabilitação em Barueri


A dependência química é uma doença primaria que é caracterizada pela dependência de um produto químico que altera o humor, devido a utilização de drogas ilegais (crack, cocaína, maconha) e drogas legalizadas (cigarro, álcool e medicamentos controlados).

Uma pessoa que é dependente quimicamente não consegue parar de beber e usar drogas sozinho, precisa de ajuda de uma clínica de recuperação de Barueri.
Essa doença não vê idade, sexo, raça, religião ou status econômico. É uma doença que se não for tratada, pode ser fatal.

Na clínica de recuperação e reabilitação de Barueri oferecemos tratamento para as pessoas que se encontram nessa situação e proporcionamos a melhor oportunidade para a pessoa se curar.

O tipo de tratamento aplicado pela clínica é fundamental para se ter sucesso. O tratamento deve ser multidisciplinar, focando no ser humano por completo, sempre avaliando seu bem-estar físico, emocional e espiritual. Se você de Barueri busca o melhor tratamento, nossa clínica é a melhor opção.

Profissionais afirmam que a dependência química é uma doença muito mais complexa do que o mero abuso no uso de substâncias químicas e a recuperação é muito mais complexa do que apenas deixar de usar.

Muitos viciados acreditam que, se conseguirem acabar de uma vez com o vicio em drogas ou em álcool ficarão bem e poderão mudar sua vida. Mas o fato é que a desintoxicação sozinha não é suficiente.

Para manter a abstinência, é preciso fazer mudanças pessoais, interpessoais e no estilo de vida.

Isso leva tempo, e a maioria dos profissionais e dependentes acredita que a recuperação da doença da dependência química é um processo que dura toda a vida, no qual não é lhes permitido errar novamente, sob pena de voltarem novamente ao status inicial, ou seja, para o fundo do poço.

Tratar a dependência química é possível. As drogas que os dependentes químicos utilizam podem proporcionar um alívio temporário, mas não corrigem os problemas emocionais. Isso é conhecido como um tipo de automedicação, e pode facilmente levar ao vicio. Tratar a doença psiquiátrica não cura o vicio, e o contrário também é verdade.

Por isso é importante que você de Barueri tenha em mente que todas as intervenções feitas pelos profissionais da clínica de recuperação e dependentes químicos trabalham no sentido de que a dependência química e quaisquer problemas de saúde a ela associados sejam tratados para que o quadro de saúde do paciente seja restabelecido plenamente.

O tratamento eficiente é aquele que atinge os melhores resultados, com a invasão mínima na vida da pessoa que está em processo de reabilitação.

Por isso o tratamento também é voltado para o psicológico e terapêutico do paciente, onde a principal intervenção é feita no emocional do paciente. Também é tratado seu estado físico, mas o foco principal é exatamente no que há de mais grave no sentido da dependência, que é sua condição psicológica.

Para isso temos profissionais especializados e sempre pronto para atender nossos pacientes de Barueri, com todo cuidado e atenção.

Blog

Como funciona um programa especializado na recuperação da dependência química

Como funciona um programa especializado na recuperação da dependência química

A dependência química é um problema grave de saúde, e afeta não só o dependente químico, mas também seus familiares

O que é abstinência alcoólica e qual o tratamento?

O que é abstinência alcoólica e qual o tratamento?

Também conhecida por síndrome da abstinência alcoólica (SAA), é composta por diferentes sintomas que se apresentam em pacientes que são dependen

Como conviver com drogado e procurar ajuda

Como conviver com drogado e procurar ajuda

A maioria das pessoas que são usuárias de drogas não reconhecem que precisam de ajuda e que não conseguem se controlar

Quando uma pessoa pode ser considerada alcoólatra

Quando uma pessoa pode ser considerada alcoólatra

As bebidas alcoólicas estão presentes diariamente na vida do brasileiro, seja por questão cultural ou social.